Uma base para chamar de sua

Você já sentiu dificuldade na hora de escolher a cor da base? Saiba que você não está só. Essa realmente não é uma tarefa simples. Às vezes a cor no frasco parece com a da sua pele, mas aplicada no rosto fica clara demais, ou tende para um tom mais amarelado ou mais avermelhado do que o que combinaria com você. Sabendo disso, as marcas estão se esforçando para criar produtos que realmente lhe ofereçam a deliciosa sensação de que foram feitos pensando em você! Segundo o Caderno de Tendências 2019-2020 da ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos), produzido em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), a personalização é um dos conceitos que atualmente mais pesam na decisão de compra do consumidor. Atentas a isso, as empresas têm criado cada vez mais opções para atender a definição pessoal do que é se sentir bem e belo. E, se ainda assim, a dúvida surgir, não se desespere. Veja o que falam os especialistas para ajudar você a não se sentir perdida na hora de escolher uma base para chamar de sua. Experimente e depois conte para nós se as dicas foram úteis!

Vera Golik e Shâmia Salem

A gente já falou várias vezes aqui no VERA BELLEZZA que o comportamento do consumidor tem mudado radicalmente nos últimos tempos. E uma das alterações mais significativas é a de que um único padrão já não serve mais. Para atender essa nova demanda, as marcas têm oferecido um leque cada vez maior de produtos e serviços para tentar contemplar a definição pessoal e individual de cada um a respeito do que é se sentir bem e belo. Ótima notícia, principalmente quando se pensa em maquiagem e na enorme variedade de tons de pele que temos num país com tantas misturas de raças como o Brasil.

Encontrar a cor certa de um produto não é problema só por estas bandas. Uma pesquisa da Mintel mostrou que quatro em cada 10 americanas que gostam de se produzir, e têm entre 25 e 34 anos, se dizem frustradas porque não encontram cosméticos que combinam com o tom de pele delas. Talvez esteja aí a explicação para o estrondoso sucesso da marca de make da cantora Rihanna, a Fenty Beauty, que, focada não só em personalização, mas em diversidade e inclusão social, oferece nada menos do que 40 tons de base. “Tenho que representar a mim e minhas garotas, com nossas tão diversas tonalidades de pele. Especialmente nós, as negras. Durante muito tempo, muitas vezes fomos deixadas de fora no mundo da maquiagem. É importante que toda mulher se sinta incluída. Somos tão diferentes com nossos tons de pele únicos”, disse a superstar.

Escolha ideal

A maior variedade de bases já é uma realidade também em território nacional. “O problema é que mesmo diante de tantas alternativas ainda tem gente que fica perdida na hora de achar o seu tom ideal”, lembra a maquiadora Juliana Rakoza, que ensina passo a passo como resolver esse drama:

1º passo Antes de tudo, é preciso identificar a cor da sua pele: se é clara, média ou escura. Fácil, né?

2º passo Na sequência, verifique se o seu subtom de pele é amarelado, rosado ou bege, este último também chamado de neutro. Regra geral, é amarelada quem se bronzeia fácil, rosada quem fica vermelha sob o sol e bege ou neutra quem até pega uma corzinha sob o sol, mas demora.

3º passo “Para não ter dúvidas, sempre gosto de testar mais de um tom de base. Aplico os escolhidos fazendo uma faixinha com cada um deles na região do maxilar e vejo qual some na minha pele. O que mais desaparecer – ou seja, ficar imperceptível – é o tom certo”, resume Juliana.

Se ainda assim você não encontrar uma base para chamar de sua, o maquiador Bruno Fatone aconselha criar sua própria formulação. “Eu mesmo estou sempre misturando duas tonalidades de base, geralmente uma amarelada e uma neutra, e, por vezes, combino até texturas, juntando uma base de alta cobertura com outra mais fluida, por exemplo”.

Outra dica legal é primeiro passar a base que fica imperceptível em todo o rosto, depois usar uma cor mais clara no centro do rosto – testa, nariz e queixo – para dar uma iluminada – e, por fim, aplicar um tom discretamente mais escuro ou bronzeado nas maçãs para afinar o rosto e ajudar a fazer o efeito blush.

Enfim, para que a tarefa seja mais simples e finalmente você encontre a sua base preferida, uma boa ideia é procurar as marcas que tem mais variedades de tons e também optar por lojas de cosméticos multimarcas que dispõem de profissionais que lhe ajudam a testar na hora os vários produtos para, assim, você acertar na escolha.