Um tempo só para você

Por Vera Golik

“Tempo, tempo, tempo, tempo… és um senhor tão bonito…”

Ah, os poetas… eles sabem cantar e contar – em verso e prosa – coisas que sentimos na alma.

Ter tempo para mim. Para me cuidar, para a autoindulgência é uma tendência real, que veio para ficar. Segundo consta no Caderno de Tendências 2019-2020 da ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos), produzido em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), esse movimento tende a crescer nos próximos anos. Vale reforçar que esse “tempo para mim” não se refere apenas a uma necessidade de ficar sozinho (às vezes também precisamos disso, é verdade), mas sim de se desconectar das preocupações e se entregar às coisas de que mais se gosta: desde uma massagem especial, se reunir com amigas em um spa day em casa, ler um livro, deitar na rede até bater papo com os amigos… coisas que preencham de significado (e não tomam) o tempo.

Esse detox mental tem ganhado cada vez mais espaço entre as pessoas que buscam manter ou melhorar seu bem-estar. Entra no pacote de quem não abre mão de cuidar mais e melhor de si mesmo e seleciona cuidadosamente marcas, serviços e produtos. Não necessariamente o que há de mais caro, como mera ostentação, mas que são provas de autoestima, de quem pode tranquilamente dizer: “eu mereço”! Nesse caminho, no momento em que somos consumidores a tendência é que nos preocupemos com boas escolhas e nos permitamos investir no que realmente vale à pena. Segundo levantamento da Nielsen, há uma boa parcela dos latinos americanos que, mesmo durante a crise, busca itens excelentes, os chamados produtos premium. A ideia é que já que se está escolhendo algo especial para se cuidar, então deve-se optar por algo de qualidade. Mais de 30% dos Millennials (entre 21 e 34 anos) e da Geração X (entre 35 e 49 anos), por exemplo, consomem o que os faz se sentir bem, enquanto 50% dos Baby Boomers (pessoas entre 50 e 64 anos) e da chamada Geração Silenciosa (com mais de 65 anos) são inclinados a pagar mais por tudo aquilo que possa ajudá-los a ser mais saudáveis.

A indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos está atenta a esta grande janela de oportunidade que se abre com esse cenário. Por isso,vem buscando oferecer ao consumidor produtos e serviços que transformem a sua experiência em um mar de indulgência (seja em casa, seja na loja), sabendo que está aí a chave para conquistá-lo. E aqui o preço, como se viu, não necessariamente se converte em um problema.

É claro, que bom senso, também entra nessa equação. Da nossa parte, que somos pessoas em busca de uma vida com mais qualidade, prazer, propósito e significado, todos os pequenos e grandes gestos contam. Ou seja, consumidores conscientes avaliam seus impulsos e as ofertas com mais critério antes de incluir mais um item em seu carrinho de compras, seja ele real ou virtual.

Valem aqui algumas reflexões sobre como estamos abraçando o tempo:

  • Você é mesmo dono do seu tempo?
  • Você tem tempo para as coisas que mais te importam na vida?
  • Quanto tempo você investe (e não gasta) por dia em cuidar de você?
  • Faz parte do planejamento da sua agenda de cada dia, reservar um tempo para se cuidar, com foco total, atenção plena e sem culpa?
  • Quanto tempo por dia, por mês, por ano, você reserva para ler um bom livro? Para dar um passeio e observar a natureza? Para dar boas risadas com os amigos? Para namorar? Para fazer um tratamento, ir ao terapeuta ou usar seus cosméticos?
  • Há quanto tempo você não coloca a sua música preferida para tocar e dança – sozinha ou acompanhada – livremente pela casa?

Por falar em escolhas, selecionamos uma música que pode lhe ajudar a cuidar ainda melhor do seu tempo – Oração ao Tempo, de Caetano Veloso – para que você também possa se inspirar e aproveite para viver intensamente cada momento da vida!! Afinal, você merece!!

Se quiser, além de ouvir a música abaixo, siga a letra e cante junto:

Oração ao Tempo (autor: Caetano Veloso)

És um senhor tão bonito

Quanto a cara do meu filho

Tempo, tempo, tempo, tempo…

Vou te fazer um pedido

Tempo, tempo, tempo, tempo…

Compositor de destinos

Tambor de todos os ritmos

Tempo, tempo, tempo, tempo…

Entro num acordo contigo

Tempo, tempo, tempo, tempo…

Por seres tão inventivo

E pareceres contínuo

Tempo, tempo, tempo, tempo…

És um dos deuses mais lindos

Tempo, tempo, tempo, tempo…

Que sejas ainda mais vivo

No som do meu estribilho

Tempo, tempo, tempo, tempo…

Ouve bem o que eu te digo

Tempo, tempo, tempo, tempo…

Peço-te o prazer legítimo

E o movimento preciso

Tempo, tempo, tempo, tempo…

Quando o tempo for propício

Tempo, tempo, tempo, tempo…

De modo que o meu espírito

Ganhe um brilho definitivo

Tempo, tempo, tempo, tempo…

E eu espalhe benefícios

Tempo, tempo, tempo, tempo…

O que usaremos pra isso

Fica guardado em sigilo

Tempo, tempo, tempo, tempo…

Apenas contigo e comigo

Tempo, tempo, tempo, tempo…

E quando eu tiver saído

Para fora do teu círculo

Tempo, tempo, tempo, tempo…

Não serei nem terás sido

Tempo, tempo, tempo, tempo…

Ainda assim acredito

Ser possível reunirmo-nos

Tempo, tempo, tempo, tempo…

Num outro nível de vínculo

Tempo, tempo, tempo, tempo…

Portanto peço-te aquilo

E te ofereço elogios

Tempo, tempo, tempo, tempo…

Nas rimas do meu estilo

Tempo, tempo, tempo, tempo…