Sono belo e bom

Por Vera Golik e Shâmia Salem

Dormir bem é o novo símbolo de status e sonho de consumo de muita gente, tamanha a dificuldade de alcançar esse estágio devido ao estresse da vida moderna, provocado, principalmente, pela conexão em tempo integral. A boa notícia é que duas das melhores estratégias para embalar o repouso são supersimples de colocar em prática: uma é fazer a chamada higiene do sono e a outra é usar cosméticos calmantes e relaxantes. Além de fazer bem para a alma, comprovadamente esses gestos e produtos tem efeito regenerador.

Você consegue ir para a cama sem levar o celular junto ou ligar a televisão? Se não, vale saber que as telas desses aparelhos emitem uma luz tão intensa quanto a do sol do meio-dia, que faz o corpo “pensar” que ainda é dia e é preciso reduzir a produção de melatonina. Daí a confusão está armada, já que esse hormônio liberado gradualmente pelo cérebro ao escurecer é responsável por fazer você sentir cada vez mais sonolência até, finalmente, apagar. Com o amanhecer, o nível de substância volta a baixar e, voilá, você desperta.

Quando esse ciclo é interrompido pela iluminação artificial da tecnologia – e horas a menos de sono, sono leve e várias vezes interrompido –, o impacto aparece logo pela manhã, sob a forma de mau humor, irritabilidade e dificuldade de se concentrar. “A pele também se ressente dessa falta de descanso, pois é à noite que a renovação celular acontece, pelo aumento das taxas do hormônio do crescimento, e devido à queda nos níveis do hormônio do estresse, que deixa os microvasos mais relaxados e livres para transportar oxigênio e nutrientes às células. Na falta desse relax, a pele fica opaca, desidratada, com poros abertos e marcas de envelhecimento acentuadas, fazendo parecer que você acordou mais velha do que foi dormir”, diz a dermatologista Carolina Ferolla, de São Paulo.

Resolver a situação é urgente, e não tem a ver só com gostar ou não do reflexo no espelho. “A longo prazo, quem não dorme bem fica mais suscetível a engordar, ter depressão, hipertensão ou diabetes. Afinal, é durante o descanso que o cérebro armazena as informações adquiridas ao longo do dia e o organismo libera hormônios que favorecem o metabolismo, ajudam a controlar o apetite e o sono, entre outras funções essenciais”, esclarece o neurologista Leandro Teles, do Hospital das Clínicas, em São Paulo.

Beleza de sono

Conscientes ou não do impacto negativo da tecnologia na qualidade do sono, fato é que os brasileiros acreditam que um dos principais indícios de bem-estar é dormir bem – preocupação de 74% dos entrevistados em um estudo da Mintel Global contra 49% que citaram a importância de se exercitar e 46% que falaram sobre a necessidade de ter uma dieta balanceada.

Para atender o consumidor que se interessa por adotar um estilo de vida mais saudável para melhorar seus níveis de bem-estar, saúde e beleza, o Caderno de Tendências 2019-2020 da ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos) produzido em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) aponta que as empresas têm apresentado novidades interessantes. Entre elas, cosméticos à base de ativos calmantes e relaxantes, com gestual e sensorial agradáveis, em usos que estimulam e potencializam esses efeitos, como durante ou depois do banho e antes de deitar. Entre os bons exemplos citados no caderno da ABIHPEC estão produtos com propriedades calmantes, texturas leves, fragrâncias de lavanda e manjerona e formulações que favorecem a atividade celular e a produção de energia da pele.

Quarto dos sonhos

Como o ambiente também interfere no descanso, a recomendação é apostar na chamada higiene do sono. Colocá-la em prática é fácil e inclui, segundo o neurologista Leandro Teles, deixar o quarto escuro, silencioso e com temperatura de morna para fria; usar pijama largo e de tecido confortável; escolher colchão, travesseiro, lençol, edredom ou cobertor adequados ao seu gosto; e deitar e levantar sempre no mesmo horário, seja dia de semana, sábado, domingo ou feriado.

Enfim, os especialistas concordam que, para garantir saúde e longevidade com qualidade – o que se reflete na aparência, é claro – um dos melhores e mais importantes investimentos está em um sono profundo e revigorante: procure relaxar e deixar a mente tranquila, respire fundo e bons sonhos.